Com a profusão de tendências e novidades em um mercado que a cada dia aumenta as possibilidades para o homem moderno se vestir com elegância, bom gosto e atitude, é comum encontrar aqueles que ainda enfrentam um problema sério: a dificuldade em descobrir com qual estilo de moda masculina ele se identifica.

Parte disso é motivado pela falta de segurança e conforto em usar determinadas peças e acessórios, por falta de hábito, por medo de harmonizar incorretamente as roupas do vestuário ou por receio de antigos estereótipos que ainda cercam o universo masculino.

Foi pensando nisso que preparamos este post com um guia completo sobre alguns dos principais estilos para você se inspirar e adotar no seu dia a dia, além, é claro, de reunir dicas para você aprender a montar o seu guarda-roupa da forma correta. Acompanhe!

Estilo na hora de se vestir também é coisa de homem!

estilo masculinoFonte: Pinterest

Muitos homens ao longo de suas vidas já escutaram que não precisavam se preocupar com o que vestir, pois isso era uma preocupação que apenas as mulheres tinham. Ficar atento às novidades da moda, adotar algumas das tendências do momento e investir na própria aparência, então, nem se fala! Afinal, não eram “coisas de homem”.

Contudo, as evoluções sociais, culturais e também econômicas derrubaram esse tabu acerca da vaidade masculina e mostraram que cuidados com o estilo não são atribuições exclusivas do universo feminino.

Na verdade, esse tipo de esterótipo só prejudicava a eles mesmos que deixavam de cuidar de si e de ter um vestuário apropriado para suas atividades semanais — o que resultava em um aspecto desleixado e sem compromisso no dia a dia.

É por isso que o homem moderno não se atém a esse tipo de pensamento e procura, sim, explorar o mundo da moda masculina a fim de construir o seu estilo e a sua identidade na hora de se vestir. Não é à toa que o seu visual pode impactar não apenas a sua forma de se relacionar na vida social com seus amigos e familiares, mas também na vida profissional.

Isso porque ele sabe que o visual é um fator que influencia (e muito) a impressão que os demais a sua volta tem dele, pois é uma das principais maneiras de se expressar, criar identificação e demonstrar os seus interesses.

Como escolher o seu?

estilo masculinoFonte: Pinterest

Você entendeu que se vestir bem é importante, mas esbarrou no velho dilema de como escolher um estilo que case com as suas preferências e também com o seu cotidiano? Se sim, não se preocupe: você não é o único homem que tem essa dúvida.

Afinal, com o avanço das tendências da moda masculina as possibilidades de produções na hora de se vestir aumentaram e decidir com qual delas você tem mais afinidade nem sempre é uma tarefa fácil. É por essa razão que muitos homens se sentem inseguros, desconfortáveis e pouco confiantes com seus looks.

Para mudar isso é importante que você entenda o impacto que seu guarda-roupa tem em sua aparência, já que o seu visual também é uma forma de comunicação que passa para as pessoas ao seu redor a forma como você deseja ser visto e, principalmente, reconhecido.

Além disso, cada escolha de peça que compõe os seus looks também é uma maneira de imprimir sua personalidade, construir sua postura e demonstrar como você se porta em diferentes situações.

Não é à toa que a forma que você se veste pode influenciar tanto positiva quanto negativamente ocasiões importantes para você, como uma entrevista de emprego ou até mesmo a hora da paquera.

Mas então como identificar qual o estilo de moda masculina em que me enquadro? Se essa é a pergunta que você está fazendo ao ler este post, acompanhe a seguir as nossas dicas que vão ajudar você nesse processo:

Busque referências e experimente até se identificar com um estilo

estilo masculinoFonte: Jetss

Para que você desenvolva afinidade com um estilo é necessário que haja identificação com ele e com suas características. Apenas dessa forma você poderá adotar um visual que expresse o seu verdadeiro “eu” e que permita se sentir confortável com o que veste.

Por isso, não tenha medo de buscar referências em personalidades da mídia, como Bruno Gagliasso, Rodrigo Santoro e Cauã Reymond, para se inspirar e experimentar o máximo possível.

Nesses momentos, inclusive, é extremamente útil levar em consideração fatores como as suas atividades semanais, já que, se você trabalha e estuda, por exemplo, precisa de looks que possam transitar entre os ambientes. Logo, ter um estilo versátil e prático pode ser de grande valia para dar um up na sua aparência e estar sempre bem-vestido durante a rotina.

Leve em conta o seu físico

O seu físico é um aspecto importante que não pode ser deixado de lado na hora de escolher um estilo. Afinal, as composições que serão feitas no seu dia a dia devem ser adequadas à sua silhueta para não causarem problemas que coloquem o seu visual a perder ou provoquem um efeito negativo na sua aparência.

Por isso, fique atento ao tamanho das roupas que você usa, à sua altura e à sua silhueta, pois essas características são bastante cruciais em visuais que costumam ter um maior número de peças, como o tradicional e o retrô.

Entenda que ter um estilo não significa engessar o seu visual

Por último, entenda que ao optar um dos estilos você não está abrindo mão dos demais para se ater apenas àquela escolha em todos os seus looks. Ao contrário, isso significa que no seu dia a dia será essa a forma com a qual você vai se vestir por ter afinidade com ela e por se sentir confiante com as peças que está usando.

Contudo, é claro, em determinadas ocasiões, atípicas ou não em sua rotina, você pode (e deve) explorar os demais estilos no seu visual, tornando o seu guarda-roupa versátil em vez de engessado.

Tradicional e elegante

estilo masculinoFonte: Menstyle1

O estilo tradicional e elegante (também chamado de clássico) é um visual bastante conhecido dentro do universo masculino, pois é o mais associado a situações formais, eventos de gala e ocasiões importantes. Além disso, é frequente nas produções do dia a dia de muitos homens por conta do ambiente de trabalho que muitos compartilham, como o corporativo.

Contudo, não é difícil encontrar um amigo ou um conhecido que tenha certa resistência a ele, não é mesmo? Isso porque uma grande parcela ainda enxerga o guarda-roupa tradicional como uma fonte de looks antiquados e engessados que acabam por “envelhecer” quem investe nesse estilo, o que não é verdade.

Afinal, adaptar o tradicional com toques de contemporaneidade já não é mais um tabu da moda masculina, passando a ser uma realidade para homens que têm uma rotina de trabalho em locais que exigem um código de vestimenta específico e que ainda realizam diversas outras atividades em seu dia a dia.

Portanto, não apenas é bem-vindo, como muito bem-visto quando você consegue imprimir sua personalidade e estilo pessoal em visuais com essa pegada, sem perder a elegância e o bom gosto.

Alguns exemplos que estão em alta e exemplificam isso são as produções all black, as composições de looks com tom sobre tom, o uso de blazers com nuances chamativas e as meias coloridas com padronagens. Ou seja, é possível manter as características do clássico, mas repaginando-o para a sua realidade com um aspecto mais jovial, leve e versátil.

A seguir você pode tomar nota de quais são as peças-chave para um vestuário masculino tradicional e elegante:

Principais peças

  • Camisa social lisa e sem restrição de cores;

  • camisa de malha e cardigan para o inverno;

  • blazer de abotoamento duplo, especialmente nas cores azul-marinho, bege, vinho e marsala;

  • paletó de cores neutras ou escuras;

  • calça de sarja, alfaiataria ou jeans (sem lavagem).

Calçados mais indicados

  • Sapato social de couro, preferencialmente nas cores preta e marrom;

  • chelsea boot — modelo de bota cano médio que harmoniza muito bem com peças de alfaiataria.

Acessórios que não podem faltar

  • Cinto de couro, pois combina com diversas tonalidades de roupas e com sapatos sociais;

  • abotoaduras nas cores prata, dourada, vermelha e preta;

  • relógio social com pulseira de couro ou metal;

  • gravatas de cores neutras ou com estampas de listras ou poá;

  • colares e pulseiras de metal, pois este material é mais clássico e discreto;

  • meias com estampas geométricas.

Casual ou esportivo

estilos de moda masculinaFonte: Key Design

Por muito tempo o visual masculino menos formal e até com ares de despojado foi chamado de estilo esportivo, sendo usado com frequência na rotina de muitos, para uma saída com os amigos ou para ir à faculdade, por exemplo.

Contudo, com a importância da aparência do homem moderno — e, consequentemente, o impacto que ela causa no seu círculo de amizades, na hora da paquera, etc. — e, principalmente, as novas tendências dentro da moda masculina, esse estilo dividiu-se em dois: o casual e o esportivo.

Ambos mantêm a mesma essência da praticidade, do conforto e da casualidade, embora tenham alguns aspectos distintos. Por exemplo, o casual vai muito bem em diversos ambientes do seu cotidiano, pois combina peças básicas e tradicionais em um mesmo look.

Dessa forma, sua produção fica fluida e só não pode ser usada em ocasiões como casamentos ou locais que, de fato, exigem um dress code formal.

Já o esportivo, por sua vez, mantém alguns itens do casual, mas permite você explorar em suas produções diárias uma série de elementos informais e mais despojados, podendo, inclusive, trazer referências de outras tendências, como o urban street — que tem uma pegada mais conceitual, bastante masculina e ligada a alguns esportes, como o skate e o basquete.

Abaixo você pode conferir quais são as peças mais características de cada vertente, seja para transitar entre elas seja adotar apenas uma:

Principais peças

Casual

  • Camisa polo;

  • camisa social lisa ou com estampas;

  • camisa jeans com ou sem lavagem;

  • camiseta lisa ou com estampas e grafismos;

  • calça chino ou jeans (slim fit ou skinny);

  • bermuda de sarja;

  • camisa xadrez.

Esportivo

  • Camiseta lisa ou com estampas (modelos oversized e swag são frequentes);

  • camisa jeans com ou sem lavagem;

  • calça jogging, jeans (slim fit ou skinny) ou de moletom;

  • bermuda de moletom;

  • bomber jacket, pode ser de couro ou de poliéster ou de algodão.

Calçados mais indicados

Casual

  • Tênis casual de lona ou tecido;

  • sapatênis;

  • mocassim — calçado com costura aparente e sem cadarço;

  • dockside — modelo que traz referências náuticas e que combina, principalmente, com camisas sociais.

Esportivo

  • Tênis casual de lona ou tecido;

  • tênis cano alto, similar aos modelos de tênis para skatista;

  • sneakers — modelo inspirado nos calçados dos jogadores de tênis dos anos 70 e 80.

Acessórios que não podem faltar

Criativo e moderno

estilo masculinoFonte: The Pack Toronto

O estilo criativo e moderno é a vertente mais recente dentro da moda masculina e é a que mais se difere dentre as que são citadas neste post.

A razão disso está no fato desse estilo propôr looks alternativos que se inspiram em diversas tendências que estão em alta, exploram as harmonizações possíveis e, assim, obtêm um visual diferenciado e cheio de personalidade.

Por isso, se você pensa em adotá-lo é de suma importância entender a palavra-chave que vai ditar todas as suas produções: equilíbrio. Afinal, se você não tem o costume de usar peças mais ousadas será natural no começo estranhar e ficar em dúvida se determinada composição atingiu o resultado esperado ou não.

Por essa razão, se inspire em personalidades que têm visual criativo e moderno, como Jared Leto, Harry Styles e Jaden Smith, para construir uma base de referências para as suas composições do dia a dia.

Dessa forma, será mais fácil montar um guarda-roupa com peças que exploram cores mais chamativas, acessórios com pegada boho e folk, estampas — em especial as étnicas, as florais e as geométricas —, texturas e cortes específicos — como o oversized e o longline — que vão permitir que você tenha looks originais e únicos.

Abaixo, reunimos alguns exemplos de roupas para composições que esbanjam criatividade e são sinônimos de modernidade:

Principais peças

  • Camiseta com estampas geométricas e grafismos (modelos oversized e longline também são frequentes);

  • camisa social com estampas florais e étnicas;

  • calça jeans, chino ou de sarja;

  • bermuda de sarja ou moletom;

  • blazer de abotoamento duplo nas cores azul-marinho, preto e cinza.

Calçados mais indicados

  • Tênis casual, de lona ou tecido;

  • driver — modelo de mocassim que combina com bermudas de sarja e camisas estampadas;

  • sapatênis;

  • sneakers.

Acessórios que não podem faltar

  • Pulseiras e colares de couro (mix de acessórios é frequente);

  • pulseiras de pedras e corda, que fazem referências às tendências como o folk, o étnico e o boho;

  • cinto de lona, pois tem um aspecto masculino e é bastante versátil;

  • meias com estampas coloridas e grafismos;

  • mochila como a bag, que é o modelo mais informal;

  • óculos com armações diferenciadas, vintage ou com formatos exclusivos.

Retrô

estilo masculinoFonte: atacada.com

Outro estilo cada vez mais em evidência na moda masculina é o retrô, que consiste não em inserir novas peças, mas sim em resgatar aquelas que marcaram o vestuário masculino por meio de movimentos sociais e culturais entre os anos 20 e 70 e que hoje são consideradas atemporais.

Entre alguns exemplos estão o jazz age e o rocker. O primeiro simbolizou a ascensão da música africana nos EUA, o jazz, e a quebra de paradigmas em uma cultura ainda segmentada racialmente. Os músicos desse período tinham uma conduta de vestimenta bastante específica para as apresentações: colete, calça de alfaiataria, chapéus de aba curta e suspensórios.

Já o segundo representou a criação do padrão hegemônico masculino na mídia audiovisual adotando o couro, as botas e o jeans como peças-chave do guarda-roupa masculino. Itens que sempre estavam presentes no visual de grandes astros do cinema norte-americano (como James Dean), nas bandas de rock (como Rolling Stones) e, é claro, na juventude pré-Woodstock.

Por isso, não se engane: investir em produções retrô não se trata de adotar um visual antiquado e que se destaca pela excentricidade, pelo contrário.

A proposta desse estilo é mesclar o antigo e o contemporâneo em looks cheios de referências, personalidade e atitude que podem ser usados em diferentes ocasiões, inclusive, no ambiente de trabalho. Abaixo, estão as peças que você não pode deixar de acrescentar ao seu guarda-roupa para incorporar esse estilo:

Principais peças

estilo masculinoFonte: Key Design

  • Camisas e camisetas lisas;

  • calças jeans ou de alfaiataria;

  • camisas xadrez, principalmente os do tipo pied-de-poule, buffalo, tartan e burberry;

  • coletes de alfaiataria com abotoamento simples alto;

  • jaquetas de couro, em especial o modelo perfecto criada nos anos 20 e que marcou o vestuário de Marlon Brando, e as jaquetas jeans, popularizadas pelo astro James Dean em seus filmes na década de 1950;

  • suéteres para sobrepor camisas no inverno.

Calçados mais indicados

  • Desert boot — modelo indicado para o uso de sobreposições com jaqueta jeans ou de couro;

  • yellow boots — modelo que combina com o uso de jeans e camisa xadrez.

Acessórios que não podem faltar

  • Suspensórios com formato “Y” em cores neutras;

  • óculos com armações vintage;

  • chapéus com aba curta, como o trilby, o porky pie e o fedora;

  • pulseiras e colares de couro;

  • gravata borboleta, com estampa de listras ou poá;

  • mochila backpack por conta do seu design retrô.

O básico tem seu lugar!

estilos de moda masculinaFonte: Key Design

Por fim, temos o estilo básico que muitos homens gostam, mas que acabam negligenciando e deixando de lado por conta da crença de que básico é sinônimo de simplicidade e desleixo com a própria imagem — um mito da moda masculina no qual você não pode cair!

Adotar um guarda-roupa básico, ao contrário do que tantos acreditam, é não abrir mão do conforto e da praticidade ao se vestir durante a rotina que está a cada dia mais corrida e atarefada.

É prezar por um visual neutro que permita estar em diferentes ambientes, como o trabalho, a faculdade ou uma roda de amigos no barzinho no final de semana, sem destoar da ocasião. É demonstrar que você está antenado às tendências ao investir em composições de peças que valorizam os detalhes.

Isso acontece porque as produções básicas recebem um up no visual quando você adota roupas com caimento slim fit, ou seja, que destacam a sua silhueta deixando-a mais esguia. Além disso, os acessórios são itens frequentes nos looks tanto como complemento quanto como peça-chave na produção.

Abaixo, nós reunimos os principais itens do estilo básico que não podem faltar no seu visual ao adotá-lo:

Principais peças

  • Camisetas lisas e sem restrição de cor;

  • calças jeans ou chino;

  • bermudas de sarja ou alfaiataria.

Calçados mais indicados

  • Tênis casual — modelo que pode ser confeccionado em lona, couro ou tecido;

  • tênis slip on — modelo similar ao casual, embora não possua cadarços.

Acessórios que não podem faltar

  • Pulseiras e colares de couro por conta da versatilidade e do aspecto masculino desse material;

  • pulseiras e colares de tecido que são excelentes para produções mais leves e, por causa dos pingentes, com referências a diversas tendências, como o náutico, o rocker e o étnico;

  • bonés de aba curva ou aba reta;

  • mochilas, como a bag, que tem um aspecto mais informal e despojado, e a backpack, que é mais casual e versátil;

  • óculos com tonalidades diferenciadas, como as azuladas e as alaranjadas.

Como você viu, não faltam opções de estilos de moda masculina para você adicionar ao seu guarda-roupa e, assim, construir uma imagem muito mais segura e confiante de si mesmo ao usar no seu dia a dia aquilo com o que você se identifica e acredita.

Por isso, avalie cada um dos estilos apresentados, veja com qual você tem mais afinidade e repagine o seu visual com atitude e muito bom gosto para chamar a atenção por onde passar!

E, se quer ficar antenado, não se esqueça de assinar a nossa newsletter para receber outras dicas e assuntos exclusivos relacionados ao universo masculino!

 

pulseiras masculinas